O que você entende por família espiritual?

Todos nós somos um Universo em si mesmo.

Recebemos de nossos antepassados, sua memória genética na forma de DNA, tanto físico quanto sutil.

Esta memória se encontra arquivada em cada uma de nossas células, e fazem que sejamos quem somos.

Assim, tudo aquilo que vivenciamos, seja neste momento, ou em outra época também faz parte de nossa sabedoria.

Para nosso Espírito, centelha divina eterna, não existe tempo e espaço, pois ele apenas é.

No angulo de visão d?ele, todas nossas vidas, sejam no planeta terra, ou em outros orbes ou dimensões, estão ocorrendo neste mesmo momento. Apenas como uma televisão aparenta para nos manifestos, que o único canal existente seja o que estamos sintonizados, nossa vida real atual. Mas na realidade, nesta fonte existem milhares de canais simultâneos, cada um com seu aprendizado, desenvolvendo potenciais diversos, e por gerenciamento de nosso espírito, as lições são interligadas, pois o objetivo d?ele é sempre encontrar uma forma melhor de se realizar um desafio. E através da vivencia de nosso espírito, Deus está experienciando e se expandindo.

Não nos percebemos que somos Deus se sentindo, de tão identificados que estamos com o corpo. Muitos de nós nem dão valor a vida física, outros se preocupam consigo mesmos, mas não se importam se o planeta em que vivemos agora seja destruído, outros, poucos ainda, percebem que Tudo é Um, todos somos células de Deus, apesar de que o ego nos dá a ilusão de sermos individualizados, Tudo é interligado, e se o Todo perder apenas uma de suas emanações deixará de ser o Todo, de ser integro.

Assim somos nós, estamos na ilusão que a nossa vida material é nosso foco, e sentimos que qualquer perda ocorrida neste plano, nos deixa mais pobres. Esquecemos que somos a materialização do pensamento de nosso espírito, que cada espírito é em si, a materialização da vontade do Todo.

Então, se fracassarmos, o Todo fracassa, e se o planeta ruir, também fracassamos como artífices que somos desta realidade. Esquecemos que como Deuses em manifestação, nosso pensamento e vontade tem o poder de lei atuando sobre nossa realidade. E que aquilo onde colocarmos nossa fé, nosso foco realizador, será o que será materializado como realidade. Estamos, nesta manifestação, enfrentando a possibilidade de mais uma vez, como civilização termos fracassado, e nem nos apercebemos que passamos 24 horas por dia considerando o mundo a nossa volta como hostil nos preparando para sua destruição, pois nos sentimos impotentes para mudar a realidade, e vivemos fazendo a partir de fatos dramas para o futuro. Não percebemos a quantidade de energia que emanamos para manifestar uma realidade não funcional, e que os raros momentos que deixamos nossa inconsciência, e desejamos com nossa mente que a realidade mude, não é capaz de anular nem ao menos a energia que nos mesmos colocamos na dramatização.

Esquecemos nosso poder de mudar instantaneamente a realidade, como centelhas divinas, pois não nos acreditamos capazes, pois nos cremos apenas um corpo a mercê do mundo, e não um espírito eterno, manifestação do Todo. Pois como Espírito somos apenas positividade, confiança, certeza que tudo esta correto, correndo como o programado para o aprendizado.
Mas no momento que percebermos que somos muito mais que esta realidade que percebemos, compreenderemos que podemos nos reconectar com nosso Espírito, e acessar através dele toda a sabedoria de nossas vidas anteriores, além das emanações geradas por cada decisão que tomamos, pois ao contrario do que cremos, a cada uma vivenciamos todas as possibilidades que se abrem na escolha.

E será no momento que o véu negro, que nos impede de perceber a maravilha do todo, for removido pela libertação de nossas estruturas de crenças limitantes, e nos entendermos como um com nosso espírito, e que nossa verdadeira família espiritual é a somatória de nossas partes emanadas no aprendizado por todo este Universo, independentemente de espaço-tempo, de dimensão, poderemos encontrar a iluminação, e finalmente nos reunirmos com nossas partes que já tomaram esta consciência da Unicidade, e entrarmos no circulo de proteção e guardiões das nossas partes que ainda não atingiram esta lucidez.

Quando uma de nossas partes se tornarem lúcida do Todo, e acreditar que ela tem todo potencial para através da sua vontade curar e iluminar as demais partes emanadas por seu espírito poderá ascender, como planeta, pois tudo e todos manifestos em Gaia somos apenas um, e, portanto ao atingirmos nossa consciência lúcida sobre nós estaremos curando a Gaia, levando a ela nosso equilíbrio e nossa ordem interna, e nos tornarmos canais do Divino se manifestando na terceira dimensão, canais que podemos ser se assim acreditarmos ser possível, através da nossa reconexão e conseqüente sabedoria das leis do Todo.

Se desejarmos salvar a Humanidade, o planeta, com toda sua diversidade e beleza, basta apenas curar a si mesmo, não como manifestação, mas como Espírito Eterno e Sábio, assumindo a responsabilidade sobre si mesmo e sua divindade.

Eis nossa busca ? nos tornarmos Um, íntegros com todas nossas partes, lúcidos de nosso poder de criação.

E íntegros gerarmos uma nova realidade, onde tudo é mais funcional, ordenado, emanados pelo meu próprio estado interno.

por: Ingrid Friedrichim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s